Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

A Parábola do Lápis

Quase sem querer!

Musica da semana! Acho que todo mundo tem uma música que "demonstre" sua semana ou seu dia!

Quase Sem Querer
Legião Urbana
Composição: Dado Villa-Lobos / Renato Russo / Renato Rocha

Tenho andado distraído,
Impaciente e indeciso
E ainda estou confuso,
Só que agora é diferente:
Estou tão tranqüilo e tão contente.

Quantas chances desperdicei,
Quando o que eu mais queria
Era provar pra todo o mundo
Que eu não precisava
Provar nada pra ninguém?!...

Me fiz em mil pedaços
Pra você juntar
E queria sempre achar
Explicação pro que eu sentia.
Como um anjo caído
Fiz questão de esquecer
Que mentir pra si mesmo
É sempre a pior mentira,
Mas não sou mais
Tão criança a ponto de saber tudo.

Já não me preocupo se eu não sei por que.
Às vezes, o que eu vejo, quase ninguém vê
E eu sei que você sabe, quase sem querer
Que eu vejo o mesmo que você.

Tão correto e tão bonito;
O infinito é realmente
Um dos deuses mais lindos!
Sei que, às vezes, uso
Palavras repetidas,
Mas quais são as palavras
Qu…

Conto que agente conta!

Imagem
Como toda estória tem a mocinha, o mocinho, vilão, essa não é uma estória diferente, mas vai depender de cada um julgar os personagens.
Então, vamos lá! Contar essa deliciosa aventura.

Em uma cidade no interior de São Paulo morava Yasmim, uma garota que seu prazer era ler seus livros policiais, abraçar arvores e olhar o nada no ponto do morro.
Na faculdade aprontava muito, aprendeu a beber cerveja e a fazer sexo sem compromisso, mas era uma ótima aluna. Com o tempo e com as experiências aprende que beber água enquanto bebe cerveja é fundamental.

De repente ela se apaixona, muito de repente!
Yasmim se apaixonou por Guilherme, um garoto engraçado, inteligente e sincero demais. Era um bom menino. Já fazia muito tempo que os olhos de Yasmim não brilhavam daquele jeito.
De repente estavam namorando.
Tudo indicava que Guilherme sentia o mesmo. Ver os dois juntos era engraçado e apaixonante. De sua boca saia: “Eu te amo!”
Para Yasmim sua busca pelo “amor” estava acabada, pois já havia enco…

Ninguém segura!

Quem segura essa menina que vê nas palavras um abrigo,
Que vê nas frases um alívio
de esquecer tudo do mundo real para
tornar a vida um motivo especial?

Quem segura essa menina que tem nas mãos o mundo
a vida inteira,
um sonho
e acha que é dona do que sente
escrevendo seu futuro no presente?

Quem segura essa menina mulher que
ainda é criança
a mais infantil adulta
que anda de salto mudo afora
e quando descalça, chora?

Ninguém segura essa menina!

Janis Joplin

Imagem
Já se faz exatamente 40 anos que a música perdeu Janis Joplin, uma das melhores cantoras de blues branca da história do rock. No dia 4 de outubro de 1970 ela foi encontrada morta sozinha num quarto de hotel de Hollywood pelo companheiro da recém formada banda Full-Tilt Boogie, o músico John Cooke.

A cantora, de 27 anos de idade, estava deitada de bruços, entre o criado-mudo e a cama. Tinha o braço esquerdo marcado por uma série de picadas de agulha, por onde tinha injetado uma quantidade fatal de heroína, e o nariz quebrado, por uma provável queda. Ao seu lado, uma garrafa de uísque.

Quem foi Janis Joplin?

Janis Lyn Joplin nasceu em Port Arthur, Texas, no dia 19 de janeiro de 1943. Teve uma infância dura, embora fosse filha de um proprietário de uma refinaria de petróleo. Tratada com repulsa na universidade, era chamada pelos seus colegas de 'o homem mais feio do campus'. Largou a escola, tentou ser pintora e se meteu com os negros. Seu melhor amigo, um negro chamado Tio Tom…